SEO ou SEM? Qual são as vantagens para a sua empresa?

SEO e SEM são estratégias de marketing digital que podem alavancar o ranqueamento do seu site nos buscadores e também atrair o público certo para sua página e ainda aumentar o número de conversões.

Saber mensurar e interpretar os dados de busca da sua página e ter a capacidade de adaptar suas estratégias são o segredo para ter sucesso usando SEO ou SEM.

Mas, afinal de contas, porque estas duas siglas são tão importantes? SEO quer dizer Search engine optimization – otimização para mecanismos de busca, ou seja, técnicas que usamos para permitir que uma página na web seja encontrada através dos buscadores (Google, Bing, etc).

Já SEM significa Search engine marketing – marketing para mecanismos de busca, isto é, anúncios pagos que em buscadores que direcionam o público para uma determinada página. Os mais conhecidos são o Google AdWords e o Facebook Ads.

Dito isso, cada prática tem suas próprias necessidades e métodos que podem ser exclusivos para ela. Ainda assim, lembre-se de que o objetivo é maximizar sua receita investindo de maneira inteligente. Isso significa que você deve investir em tráfego que será convertido no máximo de valor para você.

Por que me preocupar com SEO e SEM?

Todos os principais mecanismos de pesquisa, como Google, Bing e Yahoo, têm resultados de pesquisa primários, onde as páginas da web e outros conteúdos, como vídeos ou listagens locais, são mostrados e classificados com base no que o mecanismo de pesquisa considera mais relevante para os usuários.

A otimização de busca serve, em primeiro lugar, para gerar tráfico para o seu site – ou seja, levar as pessoas até seu conteúdo. Em segundo lugar, e tão importante quanto, serve para levar as pessoas a uma determinada ação na sua página: comprar um produto, assinar um serviço, instalar um aplicativo.

Posicionamento nos mecanismos de busca

Um bom posicionamento nos mecanismos de busca resultará em um aumento substancial do tráfego direcionado e é o resultado de uma estratégia de marketing adequada.

O posicionamento do mecanismo de pesquisa nada mais é que a classificação de um conteúdo nos resultados de pesquisa orgânica ou um pagamento por clique nos resultados de pesquisa paga. Como mostram as estatísticas, um melhor posicionamento do mecanismo de pesquisa gera mais tráfego de pesquisa.

O objetivo do SEO é obter uma classificação alta nos mecanismos de pesquisa da página da web. Quanto melhor a otimização do mecanismo de pesquisa de uma página da Web, maior será a classificação nas listagens de resultados de pesquisa. (Observe que o SEO não é o único fator que determina a classificação das páginas dos mecanismos de pesquisa.) Isso é especialmente crítico porque a maioria das pessoas que usa mecanismos de pesquisa olha apenas para a primeira página ou dois dos resultados da pesquisa; portanto, para uma página obter alto tráfego de um mecanismo de pesquisa, ele precisa ser listado nessas duas primeiras páginas e, quanto maior a classificação, mais próxima a página está da lista número um, melhor.

Se sua empresa vender produtos ou serviços pela Internet, qualquer que seja a classificação da sua página, você deseja que seu site seja listado antes dos sites dos concorrentes.

Tráfego, criação de leads e conversão.

A otimização de pesquisa – principalmente o SEO – é tradicionalmente vista como uma melhoria na classificação das páginas. Portanto, as páginas são otimizadas para os mecanismos de pesquisa. Mas, se esse é seu único objetivo, você está fadado ao fracasso. O simples fato é que os motores estão mudando todos os dias. Não existem “regras”, apenas práticas recomendadas que foram adotadas porque mostram resultados positivos nas classificações e podem ter resultados positivos para o usuário final. Não é a quantidade de tráfego que conta, mas o que você faz com o tráfego.

É importante ver que seu site é o centro da sua empresa. É onde as conversões ocorrem. Seu site foi projetado para comunicar sua mensagem exclusiva, os problemas que seus produtos / serviços resolvem e as contribuições que sua empresa faz para o mundo.

Para um site, há duas maneiras de aumentar as vendas e os leads: ou você aumenta o número de visitantes do site ou o número de conversões dos visitantes existentes.

Ao aumentar a taxa de conversão do tráfego direcionado ao seu site, você pode tornar o marketing existente mais eficaz sem aumentar o valor investido em cada área.

Leads refere-se ao público-alvo interessado em sua empresa. Você perceberá eles visitando suas páginas da web e lendo as postagens do seu blog. Eles também podem abordá-lo com perguntas e permitir que você os contate com assinaturas e boletins.

No mundo do marketing digital, os leads também são chamados de prospectos.

Quando falamos de conversão, não são todas as vendas que você faz. São as vendas ou assinaturas geradas a partir dos seus leads.

Para que serve o SEO?

Toda a premissa por trás dos mecanismos de pesquisa é fornecer recursos on-line relevantes aos usuários que procuram informações. Quando as pessoas pesquisam algo, o Google (ou Bing) tenta apresentar ao usuário as informações mais úteis possíveis. A otimização de mecanismo de pesquisa orgânica (geralmente conhecida como SEO) é o processo de estabelecer seu site como um recurso útil. Quanto mais útil for o seu site, mais tráfego você “ganhará” sem precisar pagar por isso.

Vantagens do SEO

É grátis! Bem, mais ou menos. Os mecanismos de pesquisa não cobram para que seu site apareça nos resultados. No entanto, é preciso muito tempo e esforço para desenvolver uma presença na Web mais relevante. E neste negócio, tempo é dinheiro. Obviamente, você pode contratar uma empresa de SEO para fazer isso por você, o que é um investimento muito mais fácil de medir.

É confiável. As pessoas confiam nos resultados orgânicos muito mais do que na publicidade paga. É muito mais provável que eles cliquem em listagens orgânicas do que em anúncios pagos.

Desvantagens do SEO

Falta de controle: existem muitos fatores e elementos que estão fora de seu controle ao lidar com resultados orgânicos. O que sua concorrência faz, seu histórico e as preferências de resultados em constante evolução do Google estão fora de seu controle.

Fatores desconhecidos: o Google é bastante discreto em relação ao que eles usam como fórmula para sites “relevantes”. Embora conheçamos algumas “práticas recomendadas” gerais que o Google gosta de ver, não está 100% claro o que levará sua página ao topo.

Investimento a longo prazo: Eles dizem que lenta e firmemente vence a corrida. Você pode não ver muito progresso por dias, semanas ou meses. Tornar-se o site mais relevante para uma pesquisa, especialmente uma pesquisa competitiva, pode levar muito tempo. Esteja preparado para investir tempo e dinheiro sem ver resultado por algum tempo.

Para que serve o SEM?

O tráfego pago pode assumir várias formas, incluindo anúncios em mecanismos de pesquisa, anúncios dentro do contexto, anúncios em mídias sociais etc. Para os fins deste artigo, estou falando de anúncios nos resultados de mecanismos de pesquisa (para uma comparação mais relacionada). Esse tipo de tráfego geralmente assume a forma de pagamento por clique, em que os clientes pagam apenas pelos visitantes que clicaram no anúncio. O outro formulário é o pagamento por impressão (CPM), cujo custo é baseado em impressões ou quantas pessoas visualizam seu anúncio.

Vantagens do SEM

Controle de custos: com a configuração de pagamento, você pode definir orçamentos e limitar quanto gasta diariamente para garantir que não exceda o orçamento. Da mesma forma, você pode gerenciar o lance de cada palavra-chave para ajudar a segmentar palavras-chave com maior retorno.

Segmentação: há uma infinidade de opções de segmentação na pesquisa paga. Tudo, desde o local até o canal e a segmentação da rede. Você pode controlar quem está vendo seus anúncios, tornando cada dólar gasto mais eficiente.

ROI direto: há muitos dados por trás de uma pesquisa paga. A definição de metas e conversões (especialmente para sites de comércio eletrônico) pode ajudá-lo a vincular diretamente seus dólares de marketing a retornos.

Instantâneo: precisa de tráfego hoje? Assim que você configurar suas campanhas, você receberá os canais pelos quais paga.

Desvantagens do SEM

A complexidade do gerenciamento de campanhas: existem várias estratégias de configurações, segmentação e otimização que podem ser usadas para campanhas lucrativas. Organizar e criar estratégias pode levar muito tempo e conhecimento.

Concorrência: o aumento da concorrência nesse mercado elevou os custos, principalmente em certos mercados. A maior concorrência também significa que as empresas com grandes orçamentos e mão de obra tendem a ter posições dominantes.

SEO ou SEM, qual escolher?

SEO é mais uma estratégia de longo prazo. A otimização de um site para termos específicos leva tempo, tanto para implementar quanto para os mecanismos de pesquisa reconhecerem. Não é incomum que demore meses de trabalho para obter um progresso significativo. Portanto, o SEO geralmente funciona melhor para empresas estabelecidas em nichos menores. Essas características podem tornar mais fácil para uma empresa se estabelecer nos resultados de pesquisa orgânica. O SEO também funciona bem quando uma empresa já possui leads provenientes de outras fontes. Dessa forma, a empresa pode gastar algum tempo construindo uma presença on-line respeitável, sem se preocupar em gerar novos clientes imediatamente.

No entanto, os efeitos a longo prazo do SEO são incomparáveis. Aparecer consistentemente na primeira página do Google é inquestionavelmente desejável para muitas empresas, e é algo que só pode ser alcançado por uma forte estratégia de SEO.

O SEM tende a ser mais bem sucedido no curto prazo. Quando você inicia uma campanha SEM, seus anúncios ficam visíveis para as pessoas que pesquisam suas palavras-chave imediatamente. Não há demora como no SEO. Portanto, isso geralmente funciona bem para empresas que terão problemas para classificar organicamente, o que pode acontecer por vários motivos. Um novo domínio ou um novo negócio terá que criar uma reputação online antes que os mecanismos de pesquisa lhes dêem autoridade nas páginas de resultados. Da mesma forma, se sua empresa estiver em um setor muito competitivo, a classificação orgânica poderá ser muito difícil devido a concorrentes mais fortes com orçamentos maiores. E se você não puder esperar semanas ou meses para que os leads de SEO cheguem, o SEM pode ser uma rota melhor.

Embora a ideia de ter resultados imediatos possa parecer atraente, o SEM não deixa de ter suas desvantagens. Foi demonstrado que muitos usuários são céticos em relação a anúncios pagos. A maioria dos usuários confia mais nos sites para os quais navegam a partir de resultados orgânicos. Além disso, muitos usuários ignoram completamente os resultados da pesquisa paga e apenas veem as listagens orgânicas. Embora o uso do SEM possa gerar leads mais rapidamente, a longo prazo, você estará perdendo uma quantidade significativa de tráfego valioso se ignorar o SEO.

O verdadeiro poder da pesquisa paga é que você tem controle total sobre a experiência do usuário: tudo, desde que versão do texto os usuários verão até para quais páginas serão direcionados. Você pode controlar a hora do dia em que os resultados serão exibidos e até segmentar tipos de dispositivos específicos (celular ou computador) ou regiões geográficas (cidades ou países específicos). A quantidade de controle direto e imediato que você tem sobre suas campanhas de pesquisa paga significa uma oportunidade maior de otimizar e melhorar os resultados.

Principais métricas de análise

Para saber se suas estratégias de SEO e SEM estão funcionando, você deve analisar o desempenho na captura de tráfego e como seu negócio tem sido impactado. Para começar, 3 métricas são essenciais: a retenção do tráfego, a qualidade dos backlinks e sua taxa de conversão. Embora muita gente ache que o tráfego é o mais importante, as outras duas dimensões vão mostrar a efetividade do seu marketing. A seguir, vamos falar um pouco sobre cada uma.

Retenção de tráfego

Aqui falamos de 2 medidas: Taxa de rejeição (bounce rate) e profundidade de rolagem (scroll depth).

A taxas de rejeição geralmente é a primeira para descobrir por que as pessoas não estão cumprimdo as metas que projetamos. Ela mede quanto tempo o visitante ficou no site. A profundidade de rolagem mostra até que ponto os vistantes rolam pela página de entrada.

Essa é a maneira mais fácil de descobrir se estamos cumprindo as expectativas quando alguém entra pela nossa porta da frente. Também nos permite validar a qualidade da nossa página de entrada e as primeiras impressões que estamos criando. Uma taxa de rejeição baixa indica que a página precisa ser aprimorada, talvez acrescentando links para textos que interessem o usuário e outras formas de prender a atenção do leitor.

Ao avaliar o tráfego gerado pelas suas campanhas de pesquisa, você precisará pensar no engajamento do usuário. Um tempo maior gasto no site pode ser uma medida positiva ou negativa. Estudar as métricas de engajamento significa ir além das visualizações de página e do tempo no site e pensar no que as pessoas deveriam fazer no seu site.

As métricas de engajamento fornecem uma maneira de estudar as ações que as pessoas executam, independentemente de seus objetivos gerais, para tentar medir a satisfação do usuário com seu conteúdo ou sua presença online. Eu gostaria que houvesse uma solução simples para todos, mas parte da diversão da análise é aprender a medir comportamentos.

Qualidade de backlinks

Os backlinks indicam a autoridade que o seu site tem construídos. São os links que outros usuários colocam em seus respectivos artigos e que direcionam para a sua página.

Não há uma métrica única que determine com precisão se um backlink é de alta ou baixa qualidade.

Mas ter as habilidades para interpretar métricas relacionadas ao link o ajudará a se orientar e, depois de um pouco de prática, descobrirá a qualidade do link rapidamente.

  • Verifique se o domínio do site é confiável
  • Verifique se há interação de redes sociais no post (comentários, likes, pins)
  • Verifique a indexação da página nos sites de busca

Portanto, ter um perfil sólido de backlink é fundamental. Procure que tipo de backlinks seus concorrentes obtêm e tente obtê-los para o seu negócio.

Se você tem um negócio local, um recurso específico do SEO local é que você precisa ter não apenas backlinks, mas os que o Google considera ter mais autoridade localmente.

E, claro, lembre-se de acompanhar seu desempenho no ranking local. Lembre-se de que a menor alteração de local influenciará o tipo de resultado que o usuário obterá. Para procurar classificações de palavras-chave em uma rua e uma casa, você deve usar uma ferramenta de pesquisa de palavras-chave como o Rank Tracker.

Taxa de conversão

Esta é, definitivamente, a métrica mais importante. Se o seu site não converte visitantes em clientes, ele inútil.

Taxa de conversão nada mais é do que o número de visitantes que se torna clientes pagantes.

Com ela você consegu medir o sucesso de sua estratégia de SEO ou de SEM e seu impacto na receita da empresa.

Caso você esteja recebendo muitos visitantes e eles estejam passando muito tempo no seu site, mas mesmo assim as vendas não estão saindo, você pode repensar as chamadas para ação. Procure criar estimulos ireesistíveis para os visitantes adquirirem seu produto.

Seus esforços na melhoria dos resultados de pesquisa devem incluir impactos positivos em seus clientes e impactos positivos em seus fluxos de receita. Otimizar páginas de entrada vai melhorar o fluxo de tráfego em seu site para obter um resultado positivo para seus clientes e sua empresa. Os usuários que chegam da pesquisa devem ter uma experiência ainda melhor do que aqueles que acessam sua página inicial. As análises de pesquisa são tanto sobre o que acontece no seu site quanto sobre o que leva as pessoas ao seu site.

Tenha sucesso usando SEO e SEM

Se você optar por usar o SEM no seu negócio, estas são algumas dicas para o sucesso:

  1. Estabelecimento de Metas: qual o objetivo da sua campanha e quais ações você quer que os visitantes executem em seu site.
  2. Segmentação: qual o público-alvo do seu anúncio.
  3. Orçamento: quanto você está disposto a gastar na campanha.
  4. Pesquisa de Palavras-Chave: verifique quais as palavras-chave mais adequadas ao seu produto ou serviço.
  5. Criação de Anúncios: crie anúncios que atraiam a curiosidade das pessoas e gere expectativas que vão ser cumpridas pelo seu produto ou serviço.
  6. Revisar Resultados e Ajustar: Só porque funcionou uma vez, não significa que vai funcionar sempre. Os algoritmos mudam e as movimentações da concorrência pode interferir no seu resultado.

Para ter sucesso usando o SEO, sua preocupação maior deve estar na construção do seu site. Também temos algumas dicas:

  1. Saiba o que seus clientes estão realmente procurando: pesquise palavras-chave relacionadas a seu produto ou serviço e entregue conteúdos relevantes.
  2. Crie páginas otimizadas para pesquisa: a maioria das ferramentas de criação de site tem recursos para otimizar as páginas de seu site.
  3. Tenha certeza que o seu site está acessível tanto para os bots de pesquisa quanto para os humanos: não adianta fazer um site que seja um sucesso apenas para a inteligência artificial do Google! Os humanos também precisam conseguir encontrar seu site.
  4. Crie backlinks para outros sites: cite diversas fontes confiáveis em seus artigos e coloque o link para a postagem original.
  5. Acompanhe seu desempenho: utilize as métricas que discutimos acima e outras da sua preferência para poder aperfeiçoar sempre a sua estratégia de SEO.

Se preocupar em atrair interessados para o seu negócio é o principal motivo para você se interessar pelo tema que estamos discutindo. O sucesso da estratégia que você adotar vai depender do quanto ela se adapta a realidade do mercado em que você está inserido.

Procure se aprofundar mais nos estudos de marketing digital para conhecer novas maneiras de aumentar o tráfego de suas páginas e capturar leads. Se os mecanismos de busca estão ranqueando bem a sua página ou se seus anúncios estão aparecendo para o seu público-alvo, já é um ótimo começo. Basta a partir de agora se dedicar a entregar um conteúdo excelente para seus visitantes e convencê-los das vantagens de adquirir o seu produto e serviço.

Rate this article

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...